Yoga Ponta Grossa faça sua inscrição

yoga ponta grossa

 yoga ponta grossa, Na postura de meditação, estiramos a nuca, recolhendo ligeiramente o queixo,
o que vai ajudar a mente a ultrapassar a criação/fabricação de imagens mentais e a
sonolência, que no início desta prática ocorre frequentemente.
As mãos repousam na região dos joelhos, em jñâna mudra:

Existem outros mudra utilizados na prática da meditação – foram mencionados
estes dois apenas a título de exemplo. yoga ponta grossa
O aluno, nesta postura, deve manter uma atitude corporal que exprima um des-
dobramento do corpo, que é ilustrado na meditação Zen, como o “empurrar a terra com
os joelhos e o céu com a cabeça.”yoga ponta grossa
A região composta por baixo-ventre, bacia, rins e zona lombar deve estar re-
laxada, de modo a servir de base de estabilidade à postura. Um ventre crispado vai
provocar um desequilíbrio físico e psíquico, enquanto um relaxamento desta região vai
proporcionar ao aluno uma sensação de enraizamento na terra ou de grande estabilida-
de, condição sine qua non para o

trabalho do silêncio interior e das etapas posteriores
do exercício da meditação. O rosto está completamente passivo, sem qualquer contracção ao nível datesta, da região ocular e dos músculos que circundam a boca. Os olhos podem estar
semi-abertos, como na meditação Zen, ou fechados. yoga ponta grossa

yoga ponta grossa

yoga ponta grossa

Este preliminar do Caminho do Yoga é conhecido como kriyâ-yoga, pelo facto de
ser uma primeira orientação para o trabalho de quem se inicia no yoga. Já com uma certa
exigência, é por vezes também traduzido como prática, e não só preliminar. Está ligado à
limpeza ou higiene externa e interna que o praticante deve seguir desde o início, especial-
mente se tem tendência para acumular toxinas e mucos em excesso.
Os neti – limpezas, práticas – algumas vezes podem aparecer também indica-
dos como kriyâ.

yoga em ponta grossa